28 de fev de 2010

Conto: O Deus Manticora

Saudações amigos,



   Disponibilizei no site oficial de Grinmelken o conto "O Deus Mantícora".
  Este conto foi criado inspirado em parte do cenário visitado na segunda metade do livro "O Senhor das Sombras". Acredito que vocês vão ficar curiosos ao lê-lo. Apesar de inspirado, este conto, em especial, não tem ligação com os eventos do meu segundo livro, diferente de "A Dama Inevitável" e "Olhos de Herói" (Conto da Antologia "No mundo dos Cavaleiros e Dragões).

   Esta narrativa conta a luta de um homem que se rebela contra as crenças de seu povo, que veneram uma criatura como se ela fosse uma divindade. Tal crença foi imposta pelos seus antepassados para protegê-los e evitar sua extinção.


   Para os curiosos, segue alguns dados sobre a Manticora, retirado da Wikipedia:
"Manticora é uma criatura mitológica, semelhante às quimeras, com cabeça de homem - por vezes com chifres, três afiadas fileiras de dentes de ferro e com voz trovejante - e corpo de leão (geralmente, com pêlo ruivo) e cauda de escorpião ou de dragão com a qual pode disparar espinhos venenosos. Em algumas descrições, aparece com asas, variando as descrições, no que diz respeito às suas dimensões: desde o tamanho de leão até ao de cavalo.
Originária da mitologia persa, onde era apresentada como um monstro antropófago, o termo que a identifica tem também origem na língua persa: de martiya (homem) e khvar (comer). A palavra foi depois usada pelos gregos, na forma Mantikhoras, que deu origem ao latim Mantichora. A figura passou a ser referida na Europa através dos relatos de Ctésias, de Cnidos, um médico grego da corte do Rei Artaxerxes II, no século IV a.C., nas suas notas sobre a Índia. 
Até hoje, muitas histórias de pessoas desaparecidas na Índia são ligadas as Manticoras, mas que hoje sabemos que, na verdade, os responsáveis pelos desaparecimentos eram os tigres."

   Espero que gostem do conto.
   Grande Abraço

Leandro Reis

Nenhum comentário: