16 de mai de 2011

BookTour: Resenha 01 - Filhos de Galagah


Saudações Galera!

A primeira Resenha do Booktour saiu este fim de semana, no blog Apaixonada por Livros.


A Márcia, que já tinha feito uma entrevista bem legal comigo, fez uma coisa diferente: resenhou o Filhos de Galagah em cima de sua própria sinopse.
O resultado vocês conferem logo abaixo:


"Quando o APX foi aceito na participação do BT fiz a apresentação e a entrevista com o autor, para os que não acompanharam acesse 
aqui, por esse motivo vou direto a resenha. 

Comentei o cuidado, carinho e capricho na criação e apresentação do blog e vídeos (ambos lindos) e agora posso dizer a mesma coisa em relação ao livro. 

Alguns livros de literatura fantástica às vezes acabam por me confundir e ter que voltar algumas páginas para lembrar e/ou associar o nome de tantas figuras fantásticas, mas a narrativa do Leandro é perfeita, não precisei recorrer a esse recurso em nenhum momento.

Me apaixonei desde a primeira página, me vi tão envolvida que não consegui parar de ler até a última página, quando percebi o galo estava cantando (é verdade aqui onde moro o galo ainda canta ao amanhecer rs adoro isso, bem nem sempre rs). 

O Leandro foi excelente na sinopse do livro, o que me ajudará a não dar spoiler já que estou encantada com a história rs. 

“Filhos de Galagah, traz a você, personagens inesquecíveis que irão te acompanhar neste mundo de glórias e tragédias. Heróis nobres e companheiros de passado sombrio, que põe em prática o treinamento de uma vida". São inesquecíveis, não só os personagens (do mais bonito, não só fisicamente até o mais feinho) como todo o ambiente onde se passa a história, visualizei claramente todos os castelos, paisagens, armaduras, carruagens, cavalos e cavaleiros, os "monstrinhos" (fui modesta eles são horríveis rs); 

"Galatea é uma heroína de ideais nobres, filha do rei e Campeã Sagrada de sua religião, que parte para uma busca ordenada por seus sacerdotes, dragões." Galatea é pura de alma e coração em alguns momentos não tem como não se emocionar e chorar como essa doce princesa; 

"Iallanara é uma bruxa rejeitada pela sociedade, uma assassina fria presa a um ser cruel e misterioso."  Ela não é assim por opção, existem segredinhos que talvez mudem essa situação... 

"Ela se juntará à Campeã Sagrada para proteger-se e tentar buscar sua liberdade, criando um relacionamento de mentiras e desconfianças." As mentiras e desconfianças persistem até quase o finalzinho do livro... 

"Por último, Gawyn um elfo criado por humanos." Ah! Eu me apaixonei por ele que é o verdadeiro equilíbrio de tantas batalhas travadas, só percebia que estava cansada de tanto lutar quando ele entrava em cena e me fazia lembrar que precisava respirar e relaxar rs muito bom (aliás a maioria dos personagem tem seu próprio conto - o do meu amigo é "A Lenda da Garganta do Macaco" se quiser conhecer um pouquinho do Gawyn e os outros personagens é só acessar aqui, vocês conseguiram entender o que falo sobre essa figura rs);

"E Sephiros, um elfo forjado para a batalha." Se Gawyn era o meu equilibro, Sephiros (que também é ótimo) era necessário ao equilíbrio e segurança de Gawyn. 

"Serão convidados a proteger estas mulheres, entrando em um relacionamento mais intrigante que qualquer aventura." Eu os denominei o quarteto fantástico (sem plágio ou alusão), eles são realmente incríveis juntos. 

Tem um personagem que não entra aqui na sinopse, vou falar um pouquinho sobre ele.

Ethan Ghostslayer - “Diferente dos soldados que trajavam armaduras, usava somente um manto com capuz marrom, que ocultava seu rosto, deixando visível apenas uma fina trança de cabelo castanho que chegava até seu peito.” 
Idade: 584 anos; Altura: 1,73; Peso: 80kg; Cabelos: Castanhos; 'Olhos: Castanhos/Dourados

Não se deixe enganar pela sua idade, ele está em ótima forma. Ethan é um Campeão Sagrado, mentor e protetor de Galatea nessa jornada. 

"A jornada os levará a lendária Lemurian, a cidadela invertida, onde o destino decidirá o sucesso ou fracasso na busca do que procura: A Primeira Runa.” Foi uma bela jornada, algumas perguntas (nada que atrapalhe a história) ficaram sem respostas que vou descobrir no Livro II: O SENHOR DAS SOMBRAS. 
Uma peninha não poder revelar a mensagem do Leandro na primeira página do livro por que quebraria o encanto do próximo leitor, mas posso dizer que depois dessa aventura me sinto um FILHO DE GALAGAH...o meu poder... o de ter a SORTE de conhecer cada dia mais tantos talentos nacionais.
Quem gosta de leitura fantástica não pode deixar de ler, quem tem dúvida ou ainda não conhece não vai se arrepender. 


Legal, não? Sempre me divirto quando alguém se empolga desse jeito após ler um conto ou um dos livros. É revigorante e animador! Obrigado, Márcia!

Galera, fique à vontade para deixar comentários aqui ou lá no blog.
Em breve trago mais resenhas do Booktour!

Um grande Abraço!

Leandro Reis

Um comentário:

Dani Marreiros disse...

Nossa, a resenha ficou ótima mesmo! Adorei o estilo dela, intercalando a sinopse a sua opinião própria, bem diferente.
Fiquei mais ansiosa e na expectativa pela leitura do livro.
Espero que não demore muito a chegar a minha vez!
=D

Dani
Por Trás das Letras
@CrisMarreiros