29 de jul de 2011

A calmaria pode esconder a Fúria.

Saudações,

Estamos em plena divulgação do Enelock e parece ter mais coisas para fazer do que eu sou capaz.
Parece...

Minha mente não se aquieta e, mesmo puxando mais a leitura, não consigo deixar de querer criar.
Então já abandonei as "férias" e comecei a trabalhar.
O resultado reflete-se na empolgação do Licínio, com o qual troquei várias idéias. Veja aí:

Clique para ver maior.

É isso, mais uma vez deixo vocês com sua imaginação. Basta um rascunho como este para milhares de histórias se formarem não? Diz se isso não é legal.

Aguardo comentários!

Leandro Reis



2 comentários:

Chico disse...

Ahhhh Monkey Grip...

O bom e velho Monkey Grip.

Depois de tanto heroísmo santo, porque não um pouco de fúria??

Ansioso por mais essa fantástica história!

LICÍNIO SOUZA disse...

Tai outro caso incomum na minha rotina. Qdo fui ao lançamento de Enelock, leandro me disse "Licinio, qd vc voltar, podemos começar a personagem xxxxx(?)"
Ao qual só pude responder, "pq nao, fazer agora mesmo?"

Afinal, trbalhar jto é no minimo 5x mais rapido do q à distancia.

Entao o visual da personagem, o tamanho da espada, os detalhes, vao acabar direcionando detalhes e descrições de cenas das aventuras.

O incomum aki na minha rotina, é uma ilustração inspirar historias, o comum é a historia inspirar ilustrações.