13 de mai de 2009

Lançamento em Santos - FdG

(Post importado. Data: 27/02/2009)
Saudações,

Eu nunca havia ido para Santos e região. Mas algumas coincidências ocorreram e um evento de lançamento por lá me pareceu uma boa ideia. E eu estava certo.

Estive na cidade por dois dias e meio, hospedado bem próximo à Praça da Independência. Tal região, local de comércio, bares e da aconchegante livraria Realejo, é um ponto de encontro da cidade que pulsa vida noite afora.

Ao falar com meu editor, Rodrigo Coube, a indicação da Realejo veio clara. A Helena (Caverna de Cristais) já havia realizado lançamentos no local e também expressou sua opinião favorável.


O interessante foi que, mesmo com as indicações positivas, não deixei de me impressionar com o local: a Realejo me conquistou com sua naturalidade e jeito caseiro.

Nas prateleiras, os livros são expostos com a capa à vista, de modo a nos cercar com seus títulos e imagens, convidando-nos a agarrar um livro e iniciar a leitura ali mesmo.

Nas estantes de centro, as obras são colocadas a esmo. Nada de padrão ou alinhamentos. Dando a sensação de que aqueles livros foram retirados por nós mesmos das estantes que os cercam, por curiosidade ou leitura.

Ao fundo, uma mesinha bem posicionada nos permite relaxar e pedir um café, refrigerante ou água, que pode ser apreciado junto com uma conversa com a simpática e sempre bem disposta equipe da livraria.

Isto se um dos escritores santistas não atravessar a porta para bater um papo. Além da Helena, pude encontrar pessoalmente Daniel Salgado (Contos de Arian), Thiago Cabelo (Papo na Estante), Hanna Liis-Baxter e Renato Arfelli(Anno Domini) e Alexandre Bar (Ilustrador de Lobo Alpha e Código Criatura, de Helena Gomes).

Além de tudo, a livraria ainda oferece oficinas de literatura e leituras de obras para jovens, provando estar ali para algo mais do que vender livros.



O que quero dizer é que guardei aquele local em minha mente, e me entristece saber que aqui, na minha cidade, não tenho nada parecido. A Realejo fica então gravada na minha mente e deixo a promessa de que retornarei um dia.

Bem, agora que vocês compartilharam da minha empatia com o local, podemos falar do lançamento. Admito que estava preocupado. Meu site não apontava muitas visitas de Santos e eu não via muita movimentação a respeito.

Mas, como uma trama bem elaborada, daquelas que nos tira o fôlego antes de seu desfecho, tudo ocorreu perfeitamente bem. Todos os escritores que encontrei compareceram e um bate papo gostoso tomou conta da livraria. Natural e com jeito caseiro. Amigos, leitores meus e as animadas artesãs dos grupos da minha esposa, também encheram o local na medida certa.

Dentre eles, destaco o jovem Moisés, que conheci um dia antes do evento, mas que já me conhecia e muito sabia da minha criação, fato que me deixou muito feliz.

O tempo mais uma vez foi o vilão da história e, cruel, retraiu-se e consumiu vorazmente os minutos daquela noite. E a viagem de retorno, planejada para as 20h30, iniciou-se por volta das 22h00. Jornada que tirei de letra, pois ainda estava com a alma cheia da energia dos vários sorrisos que me cercaram naquele local.


Enfim, mais uma lembrança boa para guardar. Mais um conto para relatar no futuro.

À todos aqueles que compareceram, à Realejo e sua equipe e à Editora Idea, deixo meus sinceros e satisfeitos agradecimentos. Obrigado!


Agradeço também a todos que ajudaram a divulgar:

  • Artesãs Amigas da Pri
  • Comunidades “Escritores de Fantasia” e “Escritor e sua Sinopse”
  • Blogueiro Emanuel
  • Site Homem Nerd


Um Grande Abraço!

Leandro Reis

Nenhum comentário: